crowdsourcing

Crowdsourcing:Solução para as marcas?

Postado em Atualizado em

Muito tenho ouvido  sobre Crowdsourcing, e resolvi fazer uma pesquisa e levantar alguns pontos relevantes.

O QUE É?

Crowdsourcing é um modelo de criação e/ou produção, que conta com a mão-de-obra e conhecimento coletivos, para desenvolver soluções e criar produtos.

“Crowdsourcing é muito simples: ao invés de duas pessoas trabalhando juntas, podemos ter 15 de todo o mundo, entregando ideias a custos menores e muito menos tempo. Ninguém vai poder parar isso”, afirma Ignacio Oreamuno, presidente da agência especializada em crowdsourcing GiantHydra.

Até meados desta década, a moda era o outsourcing. As empresas se perguntavam “para que vou ter o trabalho de fazer algo que outra empresa faz melhor e mais barato?” e então contratavam essas empresas. Inúmeras empresas de outsourcing foram surgindo com diversas soluções e preços. E agora, para quem a empresa terceiriza este serviço? Como saber qual a melhor? Quanto tempo gastar procurando?

VANTAGENS

No modelo do crowdsourcing, a empresa consulta a nuvem (crowd) de produção, anuncia seu problema e determina um preço. Este processo tem o nome “broadcasting“. As pessoas e empresas desta nuvem surgem com as propostas (ou com a solução pronta) e você escolhe a melhor. E essas soluções podem vir desde amadores até os mais experientes.

E com a Internet, ficou fácil de organizar essas comunidades, daí que vem sua popularização. A idéia ainda não é muito popular no Brasil, mas muito difundida nos EUA.

DESVANTAGENS E PERIGOS

Existem muito benefícios sim, porém alguns cuidados são necessário, pois com a nuvem de informações é muito fácil perder o controle. 

Por exemplo: a P&G tem executado um esforço para suas marcas de modo a ampliar a audiência online e comentários sobre seus produtos. “Se as opiniões sobre os produtos forem boas, elas ajudarão na imagem da marca. Mas se forem ruins, o anunciante pode ter problemas em gerenciar qualquer controle sobre os produtos criticados”, analisa Charles Chappell, líder de digital e e-commerce na empresa P&G.

Outro ponto é o espírito de competição imposto pelo modelo. Se não muito bem administrado pode vir a se tornar um caos, seja de funcionários insatisfeitos, seja de retornos negativos.

Algumas Empresa que utilizam o crowdsourcing:

  • Label DesafiosEmpresa brasileira que tem feito um ótimo trabalho para ajudar empresas a resolver seus problemas.
  • 

  • istockphoto.como sistema armazena milhões de fotos de milhares de fotógrafos. Hoje não é preciso contratar um fotógrafo. Basta entrar no site, pesquisar e comprar a foto.
  • Netflixuma locadora  nos EUA que aluga filmes pela internet. Anunciaram o prêmio de 1 milhão de dollares para qualquer pessoa que elaborar um algorítmo de recomendação pelo menos 10% melhor que o atual.
  • Fiat Mioa Fiat lançou recentemente no Brasil uma rede social para seus consumidores poderem opinar e projetar um novo carro conceito.
  • Procter&Gamble –  usou a multidão como fonte de ideia para diversas marcas, incluindo uma nova fragância de Hugo Boss. O anunciante pediu a estudantes e escolas de design para criarem conceitos do novo perfume.

Inpirado por:http://www.saiadolugar.com.br